21.5.18

FPF já informou: Rio Ave na Liga Europa

A Federação Portuguesa de Futebol confirmou a inscrição 10 clubes para as provas da UEFA, numa lista em que não costa o Desportivo Aves, vencedor da Taça de Portugal, triunfo que daria acesso direto à fase de grupos da Liga Europa. Segundo a lista, há 10 clubes licenciados: FC Porto, Benfica, Braga, Sporting, Marítimo, Rio Ave, V. Guimarães, Estoril, Chaves e Arouca


Algumas notas pessoais:
1) Preferia ter vencido a Taça de Portugal e não ir à Europa do que ir sem a ter vencido.
2) Mas isso são suposições. A verdade é que vamos pela terceira vez em cinco temporadas. É obra!
3) O Rio Ave vai à Europa também porque terminou em 5º lugar o campeonato!
4) Ir à Europa é prestigiante mas só se torna um bom negócio se chegaramos à fase de grupos.
5) Um pedido à Direção: o que aconteceu com a eliminatória frente ao Slavia de Praga não se pode repetir; é preciso criar condições para os adeptos que queiram e possam ir acompanharem e equipa!
(esta notícia sabia-se há algumas semanas; pelos vistos, o presidente do Aves conseguiu distrair muita gente...)

O calendário que nos interessa:
19 de Junho: sorteio de primeira e da segunda pré-eliminatória, Nyon
23 de Julho: sorteio da terceira pré-eliminatória, Nyon
26 de Julho: segunda pré-eliminatória, primeira mão
2 de Agosto: segunda pré-eliminatória, segunda mão

6 de Agosto: sorteio do “play-off", Nyon
9 de Agosto: terceira pré-eliminatória, primeira mão
16 de Agosto: terceira pré-eliminatória, segunda mão
23 de Agosto: ”play-off”, primeira mão
30 de Agosto:” play-off”, segunda mão
31 de Agosto: sorteio na fase de grupos, Mónaco

Federação esclarece já hoje lista dos clubes nas provas europeias?

O Record diz que o Rio Ave está garantido na Liga Europa e que a certeza poderá chegar já hoje.
Na Sic: A Federação Portuguesa de Futebol deverá emitir um comunicado com mais esclarecimentos nas próximas horas.

Rio Ave na Liga Europa (O Jogo) [ATUAL.]

Hoje é O Jogo que o garante.


ATualização: "O Desportivo das Aves não efetuou a inscrição na Federação Portuguesa de Futebol para obter o licenciamento necessário para participar nas provas da UEFA, dentro dos prazos previstos, sabe o JN."

Sic Notícias: "O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC."

TSF: Já o Rio Ave (quinto na I Liga), que após a vitória do Aves ficou afastado da Liga Europa, é agora repescado, também na sequência desta situação. A equipa de Vila do Conde vai disputar a 2.ª pré-eliminatória e o Sporting de Braga (quarto na I Liga) a 3.ª pré-eliminatória.

20.5.18

Um dia triste

Triste porque podiamos ter conquistado hoje a Taça de Portugal.
Triste porque só uma decisão da secretaria nos põe na Liga Europa.
(venha de lá esse milagre...)

O 'leilão' de Miguel Cardoso

Não há dia em que o nome de Miguel Cardoso não apareça nos jornais.
Ontem estava na capa do Record, a dizer que é o escolhido em Guimarães (com uma curiosidade não muito simpática: apenas porque Luís Castro vai continuar em Chaves...).

Isto pode ser bom para o treinador mas é mau para o nosso Clube!
Temos ou não temos treinador?
Sai ou não sai?
Eu acho que é tempo de parar o processo, que se pode arrastar e dificultar a escolha de alternativas.
A coisa não se pode arrastar no tempo. É altura de dar um prazo ao treinador para o sim ou sopas...

19.5.18

Bruno Moreira (ex-Paços), 3 épocas

O Rio Ave anuncipou a contratação de Bruno Moreira, avançado, ex-Paços.
Vem para substituir Guedes.
(Os 4 golos que marcou esta época [dois deles aqui em Vila do Conde, no mesmo jogo] não me deixam entusiasmado, mas talvez possa repetir 2015/16 quando, também no Paços, marcou 18 golos!)

18.5.18

O substituto de Marcão. Ou de Marcelo?

Miguel Rodrigues é o primeiro reforço do Rio Ave FC para a próxima época. Defesa central de 25 anos, Miguel vem do Panetolikos, da Grécia, e assina por 4 anos.


Cardoso e Lille já têm acordo

É A Bola que o garante, em desenvolvimento à notícia de ontem.
Já há acordo, o treinador deve ser apresentado em França nos próximos dias.
(mas primeiro tem de acertar a desvinculação com o Rio Ave, clube com quem tem contrato - o que ganhamos nós com a saída?)
(Luís Campos, lembram-se dele?, é o braço direito do presidente do Lille e diretor desportivo)

17.5.18

Miguel Cardoso - rumo a França?

Vai para o Lille, diz A Bola de hoje.
(o Lille ficou em 15º na época passada...)
(e Luís Castro para Guimarães...)

A Bola reafirma: Aves fora da Liga Europa

(em complemento a isto)
(edição de hoje)

O fim do prémio Rei do Ave

Criámos há 9 anos um prémio para escolher - e distinguir - o melhor jogador do Rio Ave em cada época.
Mas começámos a perceber nos últimos anos que aqueles a quem o prémio se destinava eram os menos interessados na sua realização.
Pelas mais variadas razões, nos últimos cinco anos só uma vez o Rei compareceu (Cássio, na 7ª Tertúlia).
As razões até podem ser as mais genuinas (como férias), mas o nosso esforço semanal é absolutamente inglório.
É tempo de terminar.
Na próxima época já não teremos Rei do Ave (mas isso não impede que se faça a tertúlia, como aliás se tem visto nos últimos anos).

16.5.18

Ecos da 9ª Tertúlia na imprensa de hoje


(no Record)

Guedes nas Arábias

Guedes assinou pelo Al Dhafra, dos Emirados Árabes, por uma época, com outra de opção. Representado por Joaquim Ribeiro, o ponta de lança português, de 31 anos, estava livre após o fim do vínculo com o Rio Ave, clube que representou nas últimas três temporadas, e ao qual fez questão de agradecer.

Última hora: Rio Ave garantido na Liga Europa (A Bola) [ATUAL.]

O Rio Ave tem a presença garantida na próxima edição da Liga Europa. A BOLA sabe que o Aves não fez o processo de licenciamento para atuar nas provas europeias, e, por este motivo, os vila-condenses entraram diretamente na 2.ª pré-eliminatória da prova, cujas eliminatórias se disputam a 26 de junho e 2 de agosto.
Hoje o Record contava uma versão diferente:
Atualização: O Aves desmente, sem mais pormenores.

Os objetivos para a próxima época (ainda da Tertúlia)

Tive oportunidade ontem de questionar Presidente e também o capitão da equipa sobre aqueles que são e devem ser os objetivos para a próxima época.
Vamos voltar a dizer que lutamos pelos 8 primeiros lugares? ASC disse que estamos acima das nossas possibilidades e o capitão revelou que o Presidente foi sempre o primeiro a, no balneário, pedir o 5º lugar.
Ontem, uma frase de Tarantini impressionou-me: superar a meta do 5º lugar, disse.
E impressionou-me porque, por regra, são os adeptos a querer sempre mais.
Associo, aliás, esta ideia a uma outra frase, dita pelo nosso treinador na conferência de imprensa de antevisão do último jogo: "é preciso ser mais dinâmico, mais ativo, para criar condições para se estabelecer numa posição superior [ao quinto lugar]".

(mais uma vez o nosso obrigado ao Restaurante Praça Velha)

15.5.18

9ª tertúlia está no ar!

Ideias fortes da 9ª Tertúlia Rioavista, mais uma vez a decorrer no Restaurante Praça Velha e com transmissão directa na Rádio Linear:

António Silva Campos
- 2017|2018 foi uma excelente época, ficará para sempre na nossa história;
- os acertos do mercado de Janeiro foram aqueles que entendemos serem necessários para reequilibrar o plantel que ficou mais fraco, sobretudo com a saída de Ruben Ribeiro;
- o Rio Ave mais uma vez valorizou os seus atletas e é normal que se fale na saída
de um ou outro atleta, mas ainda não há nada de concreto; financeiramente é essencial proceder às vendas que têm vindo a acontecer;
- o Rio Ave preocupa-se primeiro com o homem e só depois vem o atleta;
- Tarantini é para renovar, é um elemento fundamental no balneário;
- há intenção de renovar com Cássio;
- o scouting tem feito um trabalho muito forte no sentido de encontrar jogadores que venham trazer mais valias para o nosso plantel;´
- haverá obras no estádio até ao final deste ano (início das obras na Academia de Formação) , assim que estejam aprovados os projectos (e cobertura de toda a bancada)
- O Rio Ave vai ter 3 equipas na próxima época, a principal, a B e os sub23. Considera o presidente muito importante esticar o ciclo de formação dentro do Rio Ave;
- Pedro Cunha será treinador da equipa de Sub23 e Zé Gomes ficará com a B.
- o perfil do coordenador da formação está definido, mas ainda não se encontrou a pessoa certa;
- não haverá muitas contratações para a equipa de Sub23, vamos tentar recuperar alguns jogadores que saíram e outros que estão actualmente emprestados;
- a equipa de Sub23 é um investimento;
- futsal: quando preparámos a época queríamos ir ao playoff;
- a estrutura de treinos no pavilhão municipal condiciona muito a equipa;
- o Rio Ave quer vincar e afirmar ainda mais a imagem de ser uma equipa de 1ª divisão no futsal;

Tarantini
- tem intenção de renovar o seu contrato com o Rio Ave, valoriza muito os 10 anos que leva de clube.
- é muito exigente consigo mesmo e não se vai deixar "arrastar" pelos relvados; continuará a jogar enquanto se sentir útil;
- é preciso não esquecer o crescimento que o Rio Ave teve nos seus 10 anos de clube e como é importante consolidar este crescimento sustentado; o Rio Ave é um clube invejável e não se deve pedir tudo de uma vez só, sobretudo no que toca ao sucesso desportivo.
- Miguel Cardos trouxe mudanças muito profundas e substanciais na mentalidade e na forma de jogar;
- o capitão considera que teve uma equipa muito boa, considera que viu em si qualidades que não sabia nem admitia ter.

José António Pereira, vice-presidente para a área de formação
- temos uma estrutura com 452 atletas, com muitos técnicos e até prestadores de serviços externos. é já uma máquina muito pesada;
- os resultados atingidos pela formação são uma boa preocupação. O objectivo do clube é colocar sempre as equipas da formação nos campeonatos nacionais, dentro dos 8 melhores a nível nacional;
- a nossa preocupação é formar bem, se podermos aliar a bons resultados, melhor.
- a nossa equipa B foi uma experiência positiva, foi provavelmente a equipa que melhor jogou no campeonato que disputou;
- A equipa B foi um bom balão de ensaio para a nova equipa de Sub23;
- A criação de mais uma equipa de patamar profissional vai ajudar muito à transição dos jogadores para os desafios como profissionais;

Pedro Cunha, treinador da equipa B
- o esquema da formação é fazer com que esta alimente a equipa B, que por si alimentará a equipa de Sub23, sempre com o objectivo de poder fazer daí a ponte para a equipa principal;
- o nível de exigência na formação aumentou consideravelmente, e esse é o caminho que o clube terá de seguir.
- os títulos e as goleadas das competições menos exigentes são para esquecer, o patamar está definitivamente mais elevado com esta mudança de paradigma do clube;
- o arranque da equipa B foi um pouco tarde, mas foi uma experiência muito positiva;


- colocamos muitos jogadores a treinar semanalmente com a equipa principal e foi muito gratificante a experiência;
- a "não" aposta dos treinadores principais nos atletas de formação é uma falsa questão, têm de ser traçados objectivos num patamar ainda de formação e tem de haver qualidade;
- Diogo Teixeira está pré-convocado para o Torneio de Toulon;
- as equipas grandes estão a seguir os nossos miúdos em todos os escalões;
- a marca do Rio Ave é a qualidade de treino;
- estes dias têm sido uma loucura com os empresários a tentarem também colocar atletas no Rio Ave devido à nossa qualidade de treino;
- o Rio Ave tem de formar mais atletas;

Diogo Teixeira, atleta de Sub19 e da equipa B
- a transição feita com treinos entre sub19, equipa B e até com a equipa principal, ajudou ao seu crescimento e maturação como atleta;
- assim é mais fácil absorver os valores e os princípios de jogo de um nível de exigência mais elevado;
- sente-se gratificado por passar os últimos 4 anos no Rio Ave, sente-se ao nível de atletas de clubes com outros pergaminhos;
- nas convocatórias das selecções, os clubes "grandes" exercem a sua influência;
- sonha jogar na equipa profissional, mas sabe que ainda tem um percurso de afirmação para fazer;
- vai tudo fazer para já ter uma oportunidade na equipa principal em 2018/2019;

Ernesto Ramalho, vice-presidente para o futsal
- esta época podia ter corrido melhor, era essa a nossa expectativa, mas a equipa esteve bem, fez uma época razoável;
- 1 ponto separou-nos dos nossos objectivos;
- a equipa deste ano era melhor que a do ano anterior;
- apesar de alguns resultados menos conseguidos, a equipa mostrou que tinha valor
- o futsal começa a enraizar-se no Rio Ave e está também a ser feito um trabalho a nível da formação;
- a Direcção foi inexcedível no apoio que procurou dar à equipa de futsal;
- o próximo ano tem como objectivo o playoff e as fases finais das Taças da Liga e Portugal;



Paulo Morim, treinador dos seniores de Futsal
- um treinador espera sempre mais das épocas;
- o treinador considera que a época não foi propriamente positiva;
- tínhamos equipa para chegar ao play-off;
- este ano houve uma maior proximidade entre o futsal e a estrutura do clube;
- a equipa acusou um pouco o peso de não estar a conseguir alcançar aquilo a que se tinha proposto;
- este ano tivemos um apoio como nunca visto, esse apoio dos adeptos foi muito bom;
- "o Rio Ave é o meu clube, devo mais ao Rio Ave do que o Rio Ave me deve a mim";
- há equipas de pequenas localidades que têm orçamentos maiores e que são profissionais que treinam o triplo da equipa do Rio Ave.

Miguel Cardoso, treinador na próxima época?

Ponto prévio: se considerei que MC é o principal responsável pelos resultados obtidos esta época, só posso desejar que seja o nosso treinador na próxima época.
Outra coisa diferente é se vai ser ou não.
Eu acho que não.
Por um lado acho que procura um projeto diferente (embora ficar não seja obviamente negativamente), por outro vão certamente surgir convites para sair [estou convencido que MC só não será o treinador do Guimarães se não quiser; outra questão é se ir para Guimarães é melhor do que ficar em Vila do Conde...].

O Presidente Campos logo dará uma ideia mais definitiva?

(algumas) Perguntas para Miguel Cardoso

Eis algumas das perguntas que eu gostaria de fazer ao treinador, se ele logo estivesse na 9ª Tertúlia (perguntas que correspondem a dúvidas, a questões que, de uma forma geral, muitos Rioavistas foram pondo ao longo da época):

1) Que papel teve na escolha dos reforços no início de época? Estavam sintonizados com a forma de jogar?
2) Muitas semanas depois do Rio Ave estar em 5º lugar, o treinador assumiu final e publicamente a luta pelo lugar? Porquê? Internamente era esse o objetivo desde o início?
3) Que balanço faz agora das mudanças no plantel em janeiro?
4) É correto dizer-se que a equipa nunca recuperou da saída de Ruben Ribeiro?
5) Admite que a eliminação da Taça de Portugal deixou marcas psicológicas no plantel e refletiu-se na qualidade de jogo da segunda volta?
6) O que o fez mudar de forma de jogar em Alvalade?
7) Admite que o sistema não pode servir para todas as ocasiões?
8) Os reforços desta época estão sintonizados com o seu sistema de jogo?
9) Porque nunca deu uma entrevista ( caso único a nível europeu?)

14.5.18

Diálogos imaginários 152

- Bruno, o que é que andas a fazer, pá!!! A estragar a nossa vida...
-Não me emprestas o Miguel Cardoso por uma semana?
- Para ganhares a Taça de Portugal vai o Miguel Cardoso, o Marcelo, o Geraldes, o Tarantini, o Pelé e quem tu quiseres...


Saboroso

Ganhar sabe sempre bem. Ganhar a um adversário valoroso ainda sabe melhor. Ganhar ao SCBraga sabe muito melhor.
O RAFC foi melhor e mereceu ganhar. 
O RAFC terminou o campeonato em grande. 
Agora temos uma longa semana de espera ... 
Todos os jogadores merecem nota positiva. 
Todos levam 4 e dois, Geraldes e Tarantini merecem 5, pelo lance genial de golo, quer na sua concepção, quer na sua concretização. 
Neste momento é justo enaltecer-se o trabalho da equipa técnica, com o homem do leme, Miguel Cardoso, a destacar-se relativamente à maioria dos colegas que representam outros emblemas.


Pelé é o Rei do Ave

Pelé sucede a Cássio como o melhor jogador da época 2017/18.
O médio conseguiu 1010 pontos, o único acima dos mil pontos, e deixou Cássio (bi-Rei)... em segundo!
Em terceiro lugar aparece Geraldes e em quarto Tarantini (também ele bi-Rei). Marcelo foi o quinto melhor da época.

(Nos próximos dias daremos algumas explicações sobre o que aconteceu este ano e o que vai acontecer com o Rei do Ave 2018/19...)

Contra o Braga, um a um

Foto: rioavefc.pt

Cassio, 3. Não foi noite de muito trabalho, mas esteve sempre bem. O agradecimento aos adeptos no final do jogo soou a despedida.
Nadjack, 3. Um poço de energia a percorrer o flanco para atacar, mas um pouco desconcentrado na hora de defender. Promete para o ano.
Monte, 4. Muito forte nos duelos.
Marcelo, 5. Na hora da despedida uma exibição à Imperador, daquelas que nos farão recordar o seu imenso valor. Chegou modesto, sai com um lugar eterno na nossa história.
Yuri, 4. Gostei e não era fácil. A atacar foi menos afoito, mas no seu posto foi um obstáculo quase sempre intransponível.
Pelé, 4. Jogaço! Quem o quiser levar tem de pagar muito e a pronto. Um patrão do meio-campo defensivo, um daqueles que deixa os adversários sempre em sentido.
Tarantini, 4. Trabalhou muito e fez um excelente golo. Tem aparecido menos na área adversaria, mas hoje apareceu e deixou marca!
Novais, 3. Não foi o jogo ideal para impressionar aqueles de quem se diz que virão a ser os seus futuros patrões, mas mais uma vez empenho e vontade não lhe faltaram.
Diego Lopes, 3. Formiguinha trabalhadora, que não tendo desequilibrado pela criatividade, ajudou ao nosso controlo das acções do adversário.
Geraldes, 3. Grande movimentação e iniciativa na jogada que dá o nosso golo. Depois foi útil pelo seu labor, mas nota-se que perde discernimento de forma acentuada e torna-se complicativo à medida que o tempo passa.
Guedes, 3. Não era dia para o Guedes dos golos, mas foi dia para o Guedes que vai a todas e trabalha para o colectivo.

Dala, 2. Batalhador, mas com pouca bola de ataque.
Barreto, 1. Não acrescentou à equipa a energia e elasticidade que teria dado jeito.
Pedro Moreira, 1. Veio para dar músculo ao meio-campo, mas teve pouco tempo.

34j - Braga: Delicioso

Terá sido o nosso melhor jogo da segunda volta. Foi pelo menos aquele que eu mais gostei. Fiquei agradavelmente surpreendido, talvez porque esperasse menos de nós e mais do Braga. Se calhar o Braga esperava esperava o mesmo e quando apanhou um Rio Ave tão competente e coeso não foi capaz de encontrar maneira de nos vergar. Para quem teve na mão a oportunidade de sair terceiro de Vila do Conde, foi pouco Braga para tanto Rio Ave.
Foto: rioavefc.pt

Notou-se que o Braga é uma equipa de rotação elevada, que disputa o jogo em qualquer zona do terreno, que quer ter sempre o domínio dos acontecimentos. Mas nunca foi capaz de ser melhor que nós, mesmo quando teve periodos de maior predominância.  Rondar a nossa área e criar pequenos calafrios foi o melhor que conseguiram. Nunca foram capazes de nos baralhar, confundir e desequilibrar. E se eventualmente a bola passava a nossa muralha, ainda havia o muito seguro e sereno Cassio.

E nós? Nós foi de categoria. Primeira parte boa, com critério a jogar, com toda a gente muito ligada ao jogo e a saber muito bem onde estar e o que fazer. E a jogada do golo? Espantosa! Passe longo, triangulação, progressão, passe e golo. Xeque-mate!
A segunda parte deu a tal pressão inconsequente do Braga e no entanto a melhor oportunidade foi nossa com Marcelo a ver o guarda-redes do Braga desviar para a trave um cabeceamento.

A Liga acabou assim com uma vitória, tal como tinha começado. O último jogo foi bom e deixa mais doce ainda a memoria de termos igualado a melhor classificação de sempre. Ainda temos a hipótese de ir às competições europeias. Foi uma epoca de felicidade na Liga. Devemos estar orgulhosos de quem nos representou em 2017/2018.

13.5.18

Ganhar ao Braga, jogar bem e ser melhor (1-0)

Assim dá mais gozo.
O melhor jogo da segunda volta da nossa equipa.
Fomos quase sempre melhores do que o Braga.
As melhores oportunidades.
Qualidade individual e coletiva.

PS - a despedida de alguns jogadores hoje. Cássio também? Por mim e pela maior parte dos Rioavistas continuaria. Tarantini vai certamente renovar.

12.5.18

Xau Adidas, alô Nike

se adivinhava - não foi um casamento feliz este com a Adidas.
Vamos ter equipamentos mais baratos com a Nike??

11.5.18

Dança de nomes: de Silvério a Novais (e outros...)

Silvério deverá sair, diz o Record ontem.
(custa-me a aceitar, por ser um jogador de qualidade, mas, se é para não jogar, sair será mesmo a única opção)

O Jogo de hoje diz que Novais está entusiasmado com o Braga. Boa sorte...

outras:
O Rio Ave quer Fernando para a próxima temporada. O jogador brasileiro, que pertence ao Santa Clara, está na lista de reforços dos vila-condenses, que já efetuaram contactos para perceber qual a viabilidade do negócio



O Rio Ave pretende Willyan para a próxima temporada. Ao que o nosso jornal sabe, o central do Cova da Piedade, um dos esteios da equipa ao longo da época, é um dos alvos dos vila-condenses, que estão a tentar a aquisição do jogador brasileiro.

9ª Tertúlia Rioavista

Vamos realizar na próxima terça-feira a 9ª Tertúlia Rioavista, o espaço onde se faz o balanço da época desportiva e se projeta a próxima temporada.
Como sempre, estaremos no Restaurante Praça Velha, a partir das 21horas, com transmissão em direto pela Linear.

Lista de convidados:
António Silva Campos
Tarantini (capitão da equipa)
José António Pereira (vice-presidente Formação)
Pedro Cunha (treinador da equipa B)
Diogo Teixeira (jogador equipa B)
Vice-presidente do futsal, Ernesto Ramalho.
Paulo Morim (treinador do futsal)

Falta nesta lista o treinador Miguel Cardoso.
Convidado pessoalmente no início da época, aceitou, mas agora não estará presente.
Resta acrescentar que é a primeira vez nos últimos anos, que o treinador falta (Luis Castro, Pedro Martins duas vezes e Nuno Espírito Santo, também duas vezes, marcaram sempre presença, além de Carlos Brito).

10.5.18

O Público está errado

Não é fake news, nem nada que se assemelhe. Mas o Público está enganado! 

A verdade é que ainda este fim de semana fomos CAMPEÕES  do "nosso" campeonato!


Sobre a continuidade de Miguel Cardoso. Ponto da situaçâo

ASC:
Estamos a preparar a próxima época e sobre o treinador não há dúvidas. Fez um bom trabalho e isso deu-lhe uma projeção muito grande. Tenho a certeza de que vai ser muito cobiçado, mas estamos preparados para tudo".

Miguel Cardoso:
Miguel Cardoso disse que pretende "respeitar o contrato", garantindo que está já a trabalhar no planeamento da próxima época. "A minha intenção é continuar a projetar o Rio Ave para o melhor possível. Tal com os nossos jogadores se tornaram alvos apetecíveis pela qualidade de jogo que apresentámos, também o clube e próprio treinador se valorizaram com esta época", afirmou.
(foto: Rio Ave FC)

Naturalmente 5º

Não deve ser muito comum, mas vai acontecer: o Rio Ave vai ser 5º durante toda a 2ª volta do campeonato.


No total vão ser 19 jornadas como 5º classificado. Parece assim natural que essa seja a nossa classificação final na Liga. (nem quero pensar na desilusão que seria perder o 5º lugar mesmo em cima da hora de cortar a meta...). A nossa classificação foi muito estável como se percebe pelo gráfico. A amplitude classificativa foi de apenas 4 lugares, entre o 4º e o 7º.

Já a distância que nos separa dos lugares de acesso directo à Europa, mostra como é grande o desequilíbrio entre os "europeus" e o resto das equipas.

O melhor jogo da 2ª volta


Este é daqueles jogos que vai ficar na história e na memória por ter sido o jogo que nos garantiu o 5º lugar, o tal posto que pode dar acesso à Liga Europa se o Sporting vencer a Taça de Portugal. Paços já figurava entre os lugares fetiche para nós por ter sido o palco da maior vitória fora de portas do Rio Ave na Liga.

Não terá sido um jogo brilhante, mas foi o melhor da 2ª volta, o 9º melhor da temporada. No ranking da felicidade, deve estar em 1º lugar.

9.5.18

Pelé quase Rei (mas Cássio...)

Cássio foi o melhor em Paços, mas Pelé ficou apenas a um ponto.
40 para o guarda-redes e 39 para o médio.
Como Pelé tem um acumulado maior, pode dizer-se que é -quase - o próximo Rei do Ave.
(foto: Rio Ave FC)

Seguem-se Marcelo e Tarantini, 35.
Pedro Moreira não teve uma 'estreia' a titular feliz e foi o menos pontuado.

Ainda o cenário de saída de Miguel Cardoso

Em complemento a este texto, quero acrescentar mais estes dados:
- a notícia de A bola de hoje dá pouco pormenores. "Existem fortes hipóteses de MC deixar o comando do Rio Ave para assumir um projeto ainda mais ambicioso" e "Daniel Ramos está perto de realizar um dos seus sonhos" são as duas frases que retive;
- tanto quanto julgo saber Miguel Cardoso não informou os dirigentes do Rio Ave de que não continuará; é - e bem - o nosso treinador, até porque já revelou que está a preparar a próxima época.
- se existem contactos com outros treinadores, será por precaução. Ao longo da época várias vezes se falou na saída do treinador (era a primeira opção em Guimarães por exemplo), muito mais sabendo-se que Jorge Mendes é o seu agente.
- se for tudo especulação dos jornalistas é lamentável. Mas eu - provavelmente por deformação profissional - penso que não há fumo sem fogo. E ASC não quer ser apanhado desprevenido.

Dever cumprido

 A uma jornada do fim do campeonato o Rio Ave atingiu os seus objetivos com distinção.
O quinto lugar alcançado não foi obra do acaso, foi consolidado ao longo do campeonato e dúvidas não existem que é merecido.
Sobre o jogo com o Paços de Ferreira o Rio Ave foi pragmático e tornou fácil um jogo que poderia ser bastante complicado.
Todos os atletas merecem nota 4. O Cássio por ter segurado o empate com uma excelente defesa já nos momentos finais (descontos) merece 5.
Agora temos que festejar o aniversário (79 anos) e esperar que o SCP cumpra a sua "obrigação" e ganhe a Taça de Portugal, para atingirmos a Liga Europa.

O 5º lugar (bem?) explicado

Agora mais a frio:
1) O Vitória de Guimarães é o 5º clube português (em adeptos e poderio); fomos claramente melhores do que eles;
2) O Marítimo é um clube com história e poder. Estamos a lutar ombro a ombro com eles, mas teremos de contar sempre com o Marítimo quando assumirmos a luta pelos lugares europeus.
3) Esta época pelo menos dois clubes mostraram argumentos financeiros se não superiores aos nossos pelo menos iguais (Aves e Chaves - basta ver o que pagavam a Matheus Pereira).
4) O Rio Ave foi a equipa mais consistente ao longo de toda a época na luta pelo 5º lugar. A nossa segunda volta foi mais fraca, mas a dos adversários também. Todos concordam, o 5º lugar é nosso por direito próprio.
5) Escrevi-o há muitos meses e só posso repeti-lo agora: Miguel Cardoso é, mais do que qualquer jogador ou dirigente, o principal responsável pelo 5º lugar. 'Inventou' uma maneira de jogar, nem sempre atraente, diga-se, conseguiu envolver os jogadores e foi feliz.
6) Beneficiou, é certo, de uma estrutura que 'produz resultados'. O Presidente Campos começa a justificar uma estátua, mas nestas alturas é justo lembrar o diretor desportivo. As coisas boas que têm acontecido no nosso Clube não são coincidência e ignorar o papel de Miguel Ribeiro seria desonesto.
7) Finalmente os jogadores. Ruben Ribeiro, claro. Marcelo, sempre. Cássio, sem falhar. Novais, naqueles 10 jogos. Yuri, a revelação. E Pelé, que conquistou os adeptos jogo a jogo (sei que estou a ser injusto ao não mencionar outros, mas todos temos de fazer opções).
Viva o Rio Ave.
(foto: Rio Ave FC)

Vem aí um novo treinador?

Em A Bola de hoje, 'Daniel Ramos na agenda'
Em A Bola de ontem, falava-se de Pepa.

(ou seja, parece passar-se alguma coisa. MC estará de partida - o que, penso, não surpreende. Ainda que no final do jogo de Paços tenha afirmado: Tenho dois anos de contrato com o Rio Ave e este não é o momento para estarmos a falar sobre o meu futuro. Sinto-me bem no Rio Ave)

8.5.18

A festa deles foi boa mas a nossa não foi pior!



Rio Ave - Braga, domingo, 18h?

É jogo de festa!
(a informação foi divulgada pelo Marítimo...)

Imagens para a história 17/18

(as primeiras páginas dos três desportivos, com três destaques para o nosso 5º lugar)
(a última página de O Jogo, com um excelente texto de opinião de Carlos Machado)

Pelé+Cássio

Quase de certeza, um deles vai ser o próximo Rei do Ave.

Não é coincidência serem os dois jogadores mais determinantes neste final de época.
Cada um no seu lugar, foram determinantes nesta segunda volta.
Ontem também.
Cássio: 4
Lionn, Marcelo, Monte e Yuri: 3
Pelé: 4
Tarantini: 3
Novais, Diego e Pedro Moreira: 2
Guedes: 3 (provavelmente estará de partida, provavelmente gostariamos de alguém que marcasse mais golos, mas não vai ser fácil enocntrar alguém com a entrega de Guedes. Aqui fica a minha homenagem)
Nadjack, Leandrinho: 1
Barreto: 2
(foto: Rio Ave FC)

E do jogo, alguma coisa a dizer?

Se calhar pouco.
Mas já agora algumas notas:
Gestão inteligente do espaço e do tempo, sem precipitações, perante um adversário que precisava muito de ganhar.
Sem Geraldes, e sem alternativas de perfil semelhante, a equipa jogou com os laterais a fazerem de extremos.
Pelé foi mais uma vez o pêndulo, a defender mas também a lançar o ataque.
Poucas oportunidades de golo do nosso lado, mas também do deles (numa delas Cássio foi enorme).
Talvez mais importante: equipa e adeptos terminam em comunhão.

7.5.18

O 5° lugar é nosso!

Empate a zeros em Paços garante que seremos quintos classificados na Liga.

Agora na final da Taça de Portugal somos todos Sporting!
Foto maisfutebol.iol.pt